Por pbagora.com.br

 Os ataques a bancos e caixas eletrônicos se tornaram frequentes na Paraíba. Somente este ano, mais de 49 bancos foram alvos da ação das quadrilhas especializadas.

O último ataque aconteceu na madrugada da última segunda-feira (27) na agência de Junco do Seridó. Além de explodirem a agência, os bandidos que estava fortemente armados ainda atiraram nos pneus da única viatura de polícia do local, e na delegacia. Antes de fugirem, ameaçaram a população, dando tiros para o alto.

A explosão de um caixa eletrônico do Bradesco, em Junco do Seridó, no Seridó Ocidental Paraibano, foi a quarta investida criminosa contra bancos na Paraíba, em maio

O medo de ser a próxima vítima do bando que aterroriza a Paraíba chegou a Campina Grande. ´Principalmente depois do crescimento da onda de asaltos a casas lotericas e demais estabelecimentos comerciais. Devido a falta de segurança a gerência do banco Itaú da cidade fechou a agência da Rua Campos Sales que funcionava próximo à sede da Federação das Indústrias da Paraíba, no bairro do José Pinheiro. Em frente a agência agora fechada,  só existe uma faixa que revela:

“Fechada devido à falta de Segurança”. Os clientes que dependem dos serviços, agora têm que se deslocarem para a agência Itaú no Centro.
Os representantes do Sindicato dos Bancários garantem que os bancários trabalham hoje sem nenhuma segurança.

PB Agora

Notícias relacionadas

Festa com aglomeração é encerrada na PB e participante é detido

Na noite desse domingo (18) a Polícia Militar encerrou uma festa com aglomeração em uma chácara localizada no município de Conceição, no Sertão paraibano. No momento da ação policial um…

Homem é morto dentro de bar em CG e suspeito é o dono do estabelecimento

Um homem foi morto dentro de um bar em Campina Grande e o suspeito é o dono do estabelecimento. O crime aconteceu na noite deste domingo (18) bairro do José…