A Paraíba o tempo todo  |

Segurança da Paraíba e de João Pessoa reforçam parceria no combate à violência na Capital

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Em reunião realizada na manhã desta terça-feira (24), na sede da Secretaria da Segurança e da Defesa Social, o secretário Jean Nunes recebeu o secretário Municipal de Segurança Urbana e Cidadania, João Almeida, para reforçar parceria já existente entre as secretarias. Dentro do alinhamento das ações de Segurança Pública nos âmbitos estadual e da capital paraibana, para prevenção e enfrentamento da violência, foi oficializado um Termo de Cooperação Técnica para doação de armas, equipamentos de proteção individual, além do compartilhamento de informações.
 
“Estamos tentando agilizar o trâmite para fazer uma doação de armas para a Guarda Civil Metropolitana. Existe um trâmite que precisa ser cumprido. Não só armas, mas equipamentos de proteção individual, equipamentos e armamentos não-letais. A intenção é que a gente possa, eventualmente, treinar e capacitar a Guarda Civil Metropolitana nas dependências da Academia da Polícia Civil e no Centro de Ensino da Polícia Militar”, afirmou Jean Nunes. As duas secretarias já realizam trabalhos em parceria, como nas ações da Operação Previna-se e a operação João Pessoa Segura, por exemplo. 
 
Para João Almeida, secretário da Semusb, esta parceria entre as secretarias iniciada em janeiro será permanente.  “Esta é uma parceria que teve início em janeiro e chegou pra ficar, o estado vem acrescentando e muito para a nossa Guarda, como por exemplo com o centro de treinamento como a Acadepol, que é referência no Nordeste e em todo o país. A Guarda hoje não tem como andar sozinha. Por isso, parcerias como esta só enriquecem o nosso trabalho e quem ganha com isso é o pessoense e quem aqui reside ou passeia”, frisou João Almeida.
 
O secretário Jean Nunes disse ainda que esse momento abre mais oportunidades de capacitação, troca de experiência e tecnologia, principalmente na reorganização das áreas de policiamento. “Com a competência da Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Civil Metropolitana, vamos reorganizar as áreas para que não ocorra a duplicidade ou falte policiamento em um ou outro ponto da cidade”, concluiu.

Da Redação com Assessoria

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe