Por pbagora.com.br

Receita Estadual apreende milhares de tapetes e rolos de tecido com documento fiscal irregular

Em fiscalização de rotina de cargas no Posto Fiscal do município de Alcantil, na BR-104, auditores do Posto Fiscal da Receita Estadual apreenderam tapetes e rolos de tecido com indicação na quantidade e de omissão do Danfe (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica) irregular. O Danfe indicava que havia apenas 10 mil tapetes na carga, quando o ato da fiscalização encontrou 60 mil, enquanto outros 1.150 rolos de tecidos foram identificados na carga sem qualquer documento fiscal.

Segundo auditores fiscais do Posto de Alcantil, pertencente à jurisdição da 3ª Gerência Regional da Receita Estadual, com sede em Campina Grande, as mercadorias apreendidas da carga irregular, oriundos da China, via Porto de Suape, somaram R$ 370.370,00. Já o valor do ICMS e da multa dos dois produtos somou R$ R$ 100 mil.

Fiscalização intensificada – A Secretaria de Estado da Receita tem intensificado o trabalho de fiscalização nos postos fiscais e também com as equipes de Mercadorias em Trânsito com vistas a combater à sonegação fiscal neste mês de junho, principalmente com foco em circulação de mercadorias sem o recolhimento do ICMS devido a não emissão dos documentos fiscais ou então pela utilização de documentação fiscal inidônea.

 

Secom

Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

Notícias relacionadas

Operação policial prende oito pessoas por mortes e tráfico em Patos

A Polícia Civil da Paraíba, em ação integrada com a Polícia Militar, realizou na manhã desta quarta-feira (3) uma operação para cumprir 20 mandados de busca e apreensão na região…

População saqueia carga de cerveja após carreta tombar, no Sertão

Uma carreta que transportava cerveja capotou na cidade de Catolé do Rocha, no Sertão do Estado e a população saqueou a carga. De acordo com as informações o motorista ficou…