Cerca de 10 homens explodiram a agência dos Correios na cidade de Mataraca e tentaram explodir uma agência do Bradesco na mesma localidade na madrugada desta quarta-feira (13).

 

O comandante da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar de Mamanguape, major Alberto Filho, informou que durante a ação um empresário foi feito refém e liberado durante a fuga dos suspeitos.

 

“No momento que o grupo ia chegando na agência dos Correios, o empresário de uma usina ia passando pelo local após ter saído de uma festa e foi abordado pelos homens. Ele foi feito de refém e usaram o seu carro para fechar a rua dos Correios”, afirmou.

 

Mesmo com a explosão, a quadrilha não conseguiu roubar nenhuma quantia de dinheiro. Eles fugiram em direção ao Rio Grande do Norte e ainda trocaram tiros com policiais. Grampos deixados na pista dificultaram a perseguição.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia captura acusados de estupro e homicídios na Paraíba

Investigações da Polícia Civil resultaram nesta quarta-feira (16) na prisão de três foragidos da Justiça. A primeira prisão ocorreu em Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa. José Carlos da…

Homem é preso suspeito de participar de estupro coletivo, em Santa Rita

A Polícia Militar prendeu um homem suspeito de participar do estupro coletivo que aconteceu em Santa Rita, no último domingo (13). A vítima, de 21 anos, identificou três homens que teriam…