Esplanada dos Ministérios (Arquivo/Agência Brasil)

Com previsão de protestos contra e a favor do presidente Jair Bolsonaro, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), determinou a interdição do trânsito de veículos na Esplanada dos Ministérios neste domingo (21). As principais vias de acesso, desde a Rodoviária até a Praça dos Três Poderes, estarão fechadas para carros, mas não para pedestres. Apoiadores do presidente costumam se reunir em frente ao Palácio do Planalto.

Medida semelhante foi tomada no último domingo (14), depois de desmanche do acampamento do grupo 300 do Brasil. No entanto, no último final de semana o fechamento foi total, proibindo não só o trânsito de veículos como também o fluxo de pedestres. Além do teor antidemocrático, Ibaneis justificou a medida, naquela ocasião, afirmando que as aglomerações na Esplanada contrariam as medidas sanitárias de combate ao novo coronavírus.

Também foram convocados atos contra o governo, partindo de torcidas organizadas de times de futebol. “Nós não podemos admitir ataques a qualquer entidades e instituições democráticas de direito de representação popular. Temos o dever moral de sermos solidários às vítimas do Covid-19 e seus familiares. Precisamos lutar contra o desmonte do Sistema Único de Saúde(SUS) e dar total apoio aos profissionais de saúde”, diz texto de convocação.

 

Redação com Congresso em Foco

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Foragido da justiça é preso pela PRF/PB com veículo roubado

O homem era procurado pela justiça pelos crimes de assalto a banco, tentativa de sequestro e uso de explosivos A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba prendeu na noite da última…