Uma professora que fotografava um ato contra a Ditadura Militar que acontecia no Central de Integração Acadêmica (CIAc) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) na manhã desta segunda-feira (1º) flagrou o momento exato em que um criminoso aponta uma arma em direção as agências bancárias localizadas no prédio.

Os bandidos conseguiram levar malotes de dinheiro de carros-fortes que abasteciam as agências.

Alguns estudantes que estavam no momento dos tiros, disseram que num primeiro momento acharam que se tratava de uma reprodução teatral sobre o período militar, mas logo em seguida, o pânico tomou conta do local.

Durante a ação criminosa, pelo menos dez pessoas ficaram feridas, sendo três pessoas atingidas pelos disparos.

""

Redação com Blog do Márcio Rangel 

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MP investiga: esquema de propina chegava até R$ 100 mil no Corpo de Bombeiros

O Ministério Público através do seu Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial deflagrou hoje (23) uma operação em um prédio do Altiplano Cabo Branco, em João Pessoa. As primeiras…

Pai e filho morrem afogados em barreiro na zona rural de Puxinanã

A zona rural de Puxinanã, no Agreste paraibano, foi palco de uma tragédia, no final da tarde de ontem, quinta-feira (22), após pai e filho morrerem afogados em um pequeno…