A Paraíba o tempo todo  |

Produtor rural é executado

O produtor Rural Jorge Avelino Martins, 28 anos, que residia no bairro do Grotão, em João Pessoa, foi assassinado com 11 disparos de pistola calibre .40. O crime aconteceu no início da noite de quinta-feira (6) no município do Conde, Litoral Sul do Estado.

De acordo com o cabo Nicélio, do destacamento do Conde, por volta das 18 horas, a Polícia Militar foi acionada para prestar apoio a uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel (Samu) que estava indo à comunidade Nossa Senhora da Conceição, para socorrer uma pessoa ferida a bala.

Ao chegar ao local, os policiais encontraram o homem agonizando no chão. Jorge Avelino recebeu os primeiros socorros no local e depois foi e levado para o Hospital de Emergência e Trauma, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu dentro da ambulância.

Ao constatar que o homem que estava morto, a equipe médica e de apoio do Samu resolveu levar a vítima direto para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol).

Durante as investigações, a polícia tomou conhecimento de que Jorge Avelino tinha ido visitar a mãe e quando caminhava pela rua foi abordado por dois homens que estavam em uma moto vermelha. Os desconhecidos, não disseram nada, sacaram as armas, atiraram no produtor rural e fugiram em alta velocidade.

Peritos do Instituto de Polícia Científica, (IPC) constataram que o produtor rural foi alvejado com 8 disparos nas costas e três na região do tórax. A polícia desconhece os autores do crime, mas acredita que, pela forma de como o assassinato aconteceu, Jorge Avelino foi vítima de um “acerto de contas”.

Duas tentativas- Ainda no município do Conde, na comunidade Boa Água, a polícia registrou duas tentativas de assassinato. O fato aconteceu por volta das 04h30 madrugada desta sexta-feira (7). De acordo com a polícia, Rogério dos Santos Silva, 18 anos e Tomas Honorato do Nascimento, 20 anos, caminhavam pela rua quando foram abordados por quatro homens que estavam em um carro. Os desconhecidos pediram uma informação e com os rapazes não souberam responder foram alvejados com disparos nas pernas. Eles foram socorridos para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena onde estão internados.
 

Paraíba.com

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe