A Operação Tamoio ocorre em todo país com a finalidade de intensificar as ações de combate ao crime. Na Paraíba já foram presas 21 pessoas e 5 veículos roubados foram recuperados

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba recuperou na manhã do último sábado (30), no município de Queimadas, um veículo roubado no Rio Grande do Norte que estava circulando clonado nas rodovias federais da Paraíba. A fiscalização ocorreu durante a Operação Tamoio, ação da PRF que busca intensificar as ações de enfrentamento à criminalidade em todo país e iniciou na última quinta-feira (28).

O veículo, um GM Ônix, foi abordado pelos policiais na Unidade Operacional da PRF em Queimadas, na BR 104. Ao realizar a consulta aos sistemas, não foi identificada qualquer ocorrência de roubo ou furto. Porém, após uma fiscalização detalhada no automóvel, os policiais perceberam vários indícios de fraude veicular e conseguiram constatar que tratava-se na verdade de um carro roubado no município São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte.

Segundo o motorista do carro, um homem de 39 anos, o veículo pertencia a um amigo que havia o emprestado a mais de 15 dias. Ao realizar o contato com o suposto proprietário, ele alegou que o carro pertencia a outro homem. Todos não souberam informar a origem do automóvel. Além do veículo roubado, durante a fiscalização o condutor apresentou documento com indícios de falsificação. Todos foram detidos e conduzidos à Polícia Civil e deverão responder por receptação de veículo roubado e o condutor ainda responderá por uso de documento falso.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Foragido da Justiça acusado de homicídio é preso no Litoral Norte

A Polícia Militar prendeu, nessa terça-feira (7), mais um foragido da Justiça procurado pelo crime de homicídio. Desta vez, a prisão ocorreu no Litoral Norte da Paraíba, durante o cumprimento…

Ex-presidiário que usava tornozeleira eletrônica é morto em Pedras de Fogo

Mais um assassinato foi registrado na noite de ontem (07), na cidade de Pedras de Fogo, na Paraíba. Ronaldo Barbosa, de 39 anos, (ex-presidiário) que usava tornozeleira eletrônica e estava…