A Paraíba o tempo todo  |

PRF recupera em menos de 24h dois veículos que circulavam clonados na Paraíba

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou, na noite da última segunda-feira (17) e na manhã desta terça (18), dois veículos que circulavam clonados em rodovias federais. As ocorrências distintas aconteceram nos municípios de Santa Rita e Campina Grande. Ao todo três homens foram presos.

A primeira ocorrência aconteceu na BR 101, km 81, no município de Santa Rita, quando a equipe policial abordou um veículo Fiat Argo. Ao iniciar a abordagem, foi solicitado o documento do condutor e do veículo. O homem informou que não era habilitado. Durante a fiscalização detalhada do veículo, os policiais perceberam sinais de adulteração veicular e constataram que se tratava de um clone. O veículo havia sido roubado em fevereiro de 2021 no município de Natal, Rio Grande do Norte. O condutor, um homem de 31 anos, relatou ter adquirido o veículo há oito meses por 30 mil reais. Ele informou para equipe policial quem teria vendido o carro. Em contato com o possível vendedor, um homem de 38 anos, confirmou a transação e disse que teria adquirido o automóvel no início do ano passado por 20 mil. Os dois homens foram presos, encaminhados para a Delegacia de Polícia de Santa Rita e deverão responder criminalmente por receptação.

Já a segunda ação ocorreu na BR 230, km 163, no município de Campina Grande, quando a equipe da PRF abordou um Honda Civic. Ao iniciar a fiscalização, os policiais verificaram que vários elementos do veículo estavam adulterados. O condutor, um homem de 53 anos, informou para a equipe que havia adquirido o veículo por R$ 30 mil, há um mês na cidade de São Paulo. O indivíduo foi preso e o veículo encaminhado para a Delegacia de Polícia de Campina Grande.

A PRF alerta que ao adquirir um veículo seminovo é importante conhecer a procedência do automóvel, duvidar de ofertas muito vantajosas e sempre realizar todos os trâmites burocráticos de transferência de propriedade.

Da Redação com PRF

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe