Em abordagem da Polícia Rodoviária Federal um homem foi preso na noite de ontem (14), no município de Bayeux, na BR 101, km 84, diversas pedras preciosas sem qualquer comprovação de origem. As pedras preciosas eram transportadas em uma caminhonete Hilux. Durante fiscalização ao interior do veículo, os policiais localizaram uma balança de precisão e diversos sacos plásticos pequenos. A equipe então iniciou uma fiscalização minuciosa e localizou 345 quilates de pedras preciosas diversas, entre elas ametistas, turmalina preta, água marinha, turmalina rosa, safira, entre outras. Algumas pedras estavam lapidadas e outras em estado bruto.

O condutor do veículo, um homem de 58 anos, se apresentou como proprietário da mercadoria e falou que recebeu as pedras como forma de pagamento de uma dívida mas não soube precisar a origem. As pedras preciosas não tinham comprovação de origem e de autorização de extração. O valor da mercadoria não foi estimado porque depende da pureza. Um quilate de água marinha, por exemplo, pode chegar a valer até 750 dólares.

O homem foi preso e encaminhado à Polícia Federal e deverá responder por crime contra a ordem econômica por usurpação e exploração de matéria-prima pertencente à União sem autorização, com pena prevista de 1 a 5 anos de detenção.

 

Redação com PRF

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Operação da polícia apreende arma de fogo e drogas na praia de Jacumã

Em uma das ações policiais preventivas durante este Carnaval continuam. Na noite de ontem (22) e início deste domingo (23), a Polícia Militar apreendeu uma arma de fogo que estava…

Cinco pessoas são presas suspeitas de tiroteios e tráfico de drogas, em JP

Cinco pessoas, entre 18 e 37 anos, foram presas na madrugada desta terça-feira (25) suspeitas de planejar uma disputa por tráfico de drogas, em João Pessoa. As prisões aconteceram no…