A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba recuperou na tarde do último domingo (21), no município de Queimadas, um veículo com registro de apropriação indébita, que foi locado e nunca devolvido à empresa. A apreensão ocorreu durante a Operação Tamoio, ação da PRF que busca intensificar as ações de enfrentamento à criminalidade em todo país

Os policiais realizavam rondas pela BR 104 quando consultaram o veículo Hyundai HB20 que transitava pela rodovia e constataram que havia uma ocorrência de apropriação indébita registrada em sistemas. Foi dado ordem de parada ao veículo, que somente parou alguns quilômetros depois. O condutor, um homem de 23 anos, não possuía documento do automóvel e também não era habilitado. Ele informou que alugou o veículo diretamente de uma pessoa, mas não sabia o nome ou valores pagos pela locação do bem.

Após consultar a ocorrência registrada em sistemas, os policiais descobriram que o veículo na verdade foi alugado em Recife no dia 23 de agosto de 2019 e deveria ter sido devolvido 5 dias depois. Porém, o automóvel não foi mais devolvido a empresa. Esse tipo de crime tem aumentado muito. Pessoas locam veículos com uso de dados falsos, não devolvem o bem e vedem de forma fraudulenta o carro por valores bem abaixo do comercializado no mercado. A apropriação indébita consiste em crime previsto no Código Penal Brasileiro no qual ocorre um apoderamento de um bem sem o consentimento do proprietário. O condutor do veículo foi detido, encaminhado à Polícia Civil e deverá responder pelo crime de apropriação indébita.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Suspeito de matar professora de capoeira em CG é preso em SP

Um homem suspeito de matar capoeirista Cristiana Soares de Farias, em Campina Grande, no dia 1º de fevereiro deste ano, foi preso, nessa sexta-feira (3), pela Polícia de São Paulo.…

Tentativa de homicídio deixa homem ferido no bairro dos Colibris, em JP

Uma tentativa de homicídio deixou um homem gravemente ferido, na noite de ontem, sábado (04), no bairro Colibris, em João Pessoa.  A vítima deu entrada no Hospital de Emergência e…