Por pbagora.com.br
 
 

A droga seria vendida na forma de bolo de maconha na praia de Pipa, no Rio Grande do Norte. Os passageiros saíram de Feira de Santana, na Bahia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba prendeu, na noite da última terça-feira (15), em Alhandra, três pessoas, um homem e duas mulheres, transportando 1,5 kg de maconha. A droga estava nas bagagens dos passageiros de um ônibus, que embarcaram em Feira de Santana, na Bahia, com destino final para o Rio Grande do Norte.

A ação ocorreu durante fiscalização na BR 101, no município de Alhandra. Os policiais abordaram o ônibus interestadual. Dentro do veículo, estavam como passageiros um casal e uma mulher que apresentavam bastante nervosismo. Questionados sobre o motivo da viagem, eles afirmaram que estavam juntos, mas deram informações desencontradas aos policiais. Após fiscalização minuciosa, a equipe encontrou aproximadamente 1,5 kg de maconha escondida nas bagagens dos passageiros. Além da substância ilícita, foram encontrados envelopes plásticos vazios, caderno de anotações e uma balança de precisão, sendo utilizados para a separação e revenda da droga.

O homem, de 22 anos, assumiu que comprou a droga em Feira de Santana, na Bahia, e iria vendê-la na forma de bolos de maconha em Pipa, no Rio Grande do Norte. Uma das mulheres, de 20 anos, informou que teria acompanhado o homem na compra da droga. A outra mulher, de 25 anos, também sabia da existência da droga. Os três foram detidos, conduzidos à Polícia Civil e responderão pelo crime de tráfico de entorpecentes.

 

Redação com Nucom/PRF

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mulher suspeita de envenenar 4 filhos confessa crime e motivo

A mulher que foi internada nessa quarta-feira (13) junto dos quatro filhos após passarem mal por terem ingerido suco com veneno, confessou o crime. De acordo com as informações policiais…

Bombeiros socorrem mulher suspeita de atear fogo na sua própria casa, em JP

Uma mulher precisou ser socorrida na noite de ontem (13), em João Pessoa, após tentar atear fogo na própria casa. O Corpo de Bombeiros foi acionado e precisou invadir o…