A Paraíba o tempo todo  |

PRF apreende 47 mil carteiras de cigarros contrabandeados na Paraíba

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

As apreensões ocorreram nos municípios de São Mamede e Mari. As cargas são avaliadas em quase R$ 235mil. Dois homens foram presos e um adolescente foi apreendido

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba apreendeu, na noite da última segunda-feira (20), duas cargas de cigarros contrabandeados em ocorrências diferentes. O trabalho das equipes policiais resultou na apreensão de 47 mil carteiras de cigarros contrabandeados. Causando um prejuízo de quase R$ 235 mil ao crime organizado.

A primeira ação ocorreu na BR 230, Km 309, no município de São Mamede, próximo a Unidade Operacional da PRF. A equipe policial realizava fiscalização quando visualizou um veículo Pálio parando no acostamento e entrando em uma rua paralela a rodovia em uma tentativa de evadir-se da fiscalização. Momento em que os policiais se dirigiram até o veículo e realizaram a abordagem. O condutor do automóvel, um homem de 38 anos, que confessou para a equipe que havia uma carga de cigarros no carro. Durante a fiscalização foram localizadas quatro caixas de cigarros contrabandeados, totalizando 2 mil carteiras de cigarro. O indivíduo foi preso, encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal e deverá responder criminalmente por contrabando.

A segunda ocorrência aconteceu no município de Mari, região da Borborema. Equipe da PRF realizava fiscalização de rotina quando receberam uma denúncia anônima de que um caminhão transportando uma carga de cigarros contrabandeados estava transitando na rodovia federal em direção a cidade de Mari. Momento em que os policias se deslocaram até o encontro do caminhão. Ao se aproximar do veículo, o condutor avistou a equipe policial, entrou em um posto de gasolina às margens da rodovia abandonando o caminhão. O condutor e o passageiro tentaram realizar uma fuga a pé pela vegetação, sendo alcançados pelos policiais. Ao realizar fiscalização da carga foram localizadas cerca de 45mil carteiras de cigarro. O condutor, um homem de 43anos, foi detido, o passageiro, um adolescente de 17 anos, foi apreendido por contrabando e encaminhados para a Polícia Federal.

As duas apreensões causaram um prejuízo de quase R$235mil ao crime organizado. O contrabando de cigarro faz parte do crime organizado e geralmente está associado a outros crimes. O consumidor que compra o cigarro de origem desconhecida coloca sua saúde ainda mais em risco, já que se desconhece quais matérias-primas são utilizadas e suas quantidades.

Redação com Nucom/PRF

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe