A Paraíba o tempo todo  |

Preso prende acusado de assassinar aposentada no bairro do Bessa

Policiais da Delegacia de Crimes contra a Pessoa (Homicídios) da Capital prendeu, nesta quinta-feira (4), o atador de material reciclado José Cláudio da Silva Nascimento Filho, 25 anos, acusado de assassinar, no dia 1º de julho, a aposentada Floriana de Castro Valoz, 66, por meio de esganadura. A prisão aconteceu no bairro do Bessa, mesmo local onde ocorreu o crime, por força de mandado de prisão preventiva expedido pelo juíz de plantão em João Pessoa.

 

De acordo com o delegado Antônio Brayner, titular do inquérito que investigou o caso, José Cláudio era um conhecido frequentador da área onde se localiza a casa da aposentada. “Ele já tinha ido à residência da vítima pedir ajuda, o que sempre obtinha. Contudo, ele tinha um perfil agressivo e há informações de envolvimento com entorpecentes”, afirmou a autoridade policial.

 

Brayner ainda relatou que, em depoimento, José Cláudio disse que entrou na casa sem consentimento e foi surpreendido pela vítima. Ele confessou o crime e no laudo do Instituto de Polícia Científica (IPC) foi comprovada a violência sofrida pela aposentada, que morreu por asfixia mecânica. “Ele será indiciado por crime de latrocínio, já que entrou na casa e levou a carteira da vítima, matando-a para isso”, explicou o delegado. O acusado já foi transferido para o Presídio do Róger.

 

Para o delegado de Homicídios, Everaldo Medeiros, a prisão do catador é reflexo do bom trabalho desenvolvido pelas equipes da delegacia, que têm se empenhado na resolução de crimes contra a vida e prisões de acusados, seja em flagrante ou em cumprimento a mandados de prisão preventiva ou temporária. “Os investigadores iniciam o trabalho em campo logo após o fato e fazem levantamentos que, junto às provas técnicas analisadas pelo IPC, dão sustentabilidade aos pedidos enviados. O Ministério Público também é parceiro da Secretaria da Segurança e da Defesa Social e se mostra presente”, ressaltou.



Redação com Secom

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe