Por pbagora.com.br

Um presidiário do regime semiaberto matou a própria mulher a golpes de faca e depois se matou, com um corte no pescoço. O crime aconteceu no bairro de Cruz das Armas e a polícia só chegou até os corpos após um mal cheiro começar a incomodar os vizinhos, que denunciaram o caso ao Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop).

Os corpos do casal estavam dentro de uma residência, que fica na comunidade do Baleado, no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa, Capital da Paraíba.

Segundo relatos de vizinhos, o casal bebia muito e era viciado em drogas. Foram os próprios vizinhos que relataram as constantes discussões e acreditam que tenha sido um feminicídio seguido de suicídio.

O IML foi acionado para fazer o transporte dos corpos e tomar as medidas cabíveis

 

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Notícias relacionadas

Polícia prende suspeitos de tráfico de drogas na cidade de Sousa

A Polícia Militar continua as atividades de reforço da segurança na cidade de Sousa, com a atuação da Operação Cidade Segura. Nessa segunda-feira (12), em uma das ações, foram presos…

Ex-presidente da Câmara de Cabedelo seria líder de Orcrim, diz MP

Inquérito Civil aberto no dia 8 deste mês pelo promotor Ronaldo José Guerra investiga o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Cabedelo, Lucas Santino. De acordo com o despacho de…