A Paraíba o tempo todo  |

Presidente da Câmara de Amparo é investigado por nepotismo após nomear cunhada como tesoureira

Duda Barnabé, presidente da Câmara de Amparo
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O presidente da Câmara Municipal de Amparo, Eliezio Barnabé (DEM), mais conhecido por Duda Barnabé, está sendo investigado por supostamente cometer a prática de nepotismo na Casa Legislativa.

A investigação está a cargo do promotor Bruno Leonardo Lins, da Promotoria de Justiça de Sumé. A denúncia anônima que deu origem à Notícia de Fato e, agora, ao inquérito, relata que Duda nomeou a sua cunhada, Maria Viviane Batista Clementino, para ser tesoureira da Câmara.

De acordo com o promotor, o caso seria nepotismo por Maria Viviane ser parente de 1º grau em linha reta do vereador e, caso ela não seja exonerada, Duda Barnabé pode responder por improbidade administrativa.

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe