Um policial militar de 36 anos morreu após uma troca de tiros com outros PMs na tarde desta terça-feira (29), no município de Tacima, no Agreste da Paraíba. Foi a segunda morte de policial paraibano nas mesmas circunstâncias em menos de 72h.

Segundo informações da Polícia Civil Edmo Tavares teria confundido policiais que estavam à paisana com bandidos e atirado contra eles.

Ainda de acordo com a polícia a vítima vendia cestas básicas durante a folga, no distrito de Cachoerinha. No mesmo local, outros três policiais militares do Rio Grande do Norte estavam à paisana, enquanto realizavam uma operação para capturar foragidos.

Quando desceu do carro em que estava, Edmo viu que os policiais estavam armados e os confundiu com bandidos. Ele atirou contra os PMs, que revidaram com vários tiros.

O delegado que está a frente do caso, informou que a Polícia Militar do Rio Grande do Norte não comunicou a PM da Paraíba sobre a operação.
Ele pediu que os policiais voltem à Paraíba para esclarecerem o que aconteceu.

Redação

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Corpo de mulher é encontrado com feto arrancado da barriga, às margens da BR 230

O corpo de uma mulher, de aparentemente 30 anos, foi encontrado às margens da BR-230, na altura do km 45, em avançado estado de decomposição, na manhã desta quarta-feira (20),…

MPF investiga prefeitos no Sertão por supostos crimes no abastecimento

O Ministério Público Federal iniciou nessa ontem (19), uma série de investigações sobre irregularidades no abastecimento de água em cidades da Paraíba. Entre elas, estão contratos com suposto superfaturamento firmados…