Por pbagora.com.br

Policiais militares precisaram ser hospitalizados após serem atacados por abelhas durante perseguição a suspeitos na Zona Rual de Mamanguape, no Litoral Norte do estado. De acordo com a polícia, o ataque teria ocorrido dentro de um canavial. Um dos suspeitos que estavam sendo perseguidos pelos policiais também foi atacado.

Após os registros de vários assaltos e do roubo de uma moto supostamente realizados pelos mesmos suspeitos, viaturas da Polícia Militar passaram a realizar diligências. Após receberem a informação de que um arrastão teria sido realizado, os policiais conseguiram identificar os acusados. Teve início uma verdadeira perseguição no município. 

Próximo ao viaduto do município de Mamanguape, a dupla perdeu o controle da moto e caíram. Eles abandonaram o veículo e fugiram a pé pelo canavial. Os militares também deixaram a viatura e seguiram na busca pelos suspeitos também a pé.

Um dos suspeitos, um menor com apenas 16 anos, logo saiu do canavial gritando por socorro e pedindo a ajuda dos policiais, pois estava sendo atacado por abelhas. Os insetos que o atacavam passaram também a atacar os policiais. Segundo eles, a única coisa que pode ser feita foi tapar a boca e os ouvidos e fugir em direção à viatura. O menor subiu na viatura e os PM's o retiraram para longe das abelhas.

O suspeito e os quatro policiais atacados foram para o Hospital Geral de Mamanguape, onde foram medicados com antialérgicos e liberados. O adolescente, que de acordo com o policial deve ter levado mais de 500 picadas, foi apreendido. O suspeito de 21 anos foi conduzido à carceragem da delegacia da cidade.

 

PB Agora

 

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Notícias relacionadas

Duas pessoas sofrem tentativa de homicídio no Cristo Redentor, em João Pessoa

Por pouco dois homens não foram assassinados em João Pessoa na noite desta sexta-feira (26). Eles foram vítimas de uma tentativa de homicídio praticada por dois adolescentes menores de 18…