Imagem ilustrativa

A Polícia Militar intensificou as ações neste feriado com a Operação Trabalhador e prendeu, no fim da manhã dessa sexta-feira (01), um suspeito de furto, que vinha agindo em estabelecimentos comerciais em Campina Grande. O homem, de 21 anos de idade, foi preso pouco mais de 30 dias após ter saído do presídio.

No crime dessa vez, que aconteceu na avenida Manoel Tavares, no bairro Alto Branco, o homem violou um restaurante e tentou levar três garrafas de bebidas alcoólicas. Ele foi surpreendido pelos policiais da Força Tática do 10º Batalhão e da 2ª Companhia Especializada em Policiamento com Motocicletas (2ª CEPMotos), que já vinham intensificando as ações e receberam informações sobre o crime.

O suspeito foi encaminhado para a Central de Polícia e reconhecido também por outro crime, no qual teria furtado uma televisão e um notebook de uma pizzaria. Segundo os policiais do 10º BPM, o acusado estava em liberdade há cerca de um mês, após cumprir pena em um presídio.

Após o crime dessa sexta-feira e prisão pela PM, ele segue novamente à disposição da Justiça.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em tentativa de assalto, suspeito atira para o alto e fere morador de prédio, em JP

Uma tentativa de assalto, no bairro do Aeroclube, Zona Norte de João Pessoa, terminou com um homem baleado. Ele estava em um apartamento localizado no 4º andar de um prédio…

Polícia prende acusado de ataques a banco em Campina Grande

Mais um acusado de envolvimento em ataques a instituições financeiras foi preso pela Policia Militar em Campina Grande. A ação, que capturou um homem procurado pelo crime de furto qualificado…