Por pbagora.com.br
Imagem ilustrativa

A Polícia Militar intensificou as ações neste feriado com a Operação Trabalhador e prendeu, no fim da manhã dessa sexta-feira (01), um suspeito de furto, que vinha agindo em estabelecimentos comerciais em Campina Grande. O homem, de 21 anos de idade, foi preso pouco mais de 30 dias após ter saído do presídio.

No crime dessa vez, que aconteceu na avenida Manoel Tavares, no bairro Alto Branco, o homem violou um restaurante e tentou levar três garrafas de bebidas alcoólicas. Ele foi surpreendido pelos policiais da Força Tática do 10º Batalhão e da 2ª Companhia Especializada em Policiamento com Motocicletas (2ª CEPMotos), que já vinham intensificando as ações e receberam informações sobre o crime.

O suspeito foi encaminhado para a Central de Polícia e reconhecido também por outro crime, no qual teria furtado uma televisão e um notebook de uma pizzaria. Segundo os policiais do 10º BPM, o acusado estava em liberdade há cerca de um mês, após cumprir pena em um presídio.

Após o crime dessa sexta-feira e prisão pela PM, ele segue novamente à disposição da Justiça.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia prende três homens suspeitos de praticar assaltos em João Pessoa

A Polícia Militar prendeu três homens e apreendeu um adolescente nesta segunda-feira (26), suspeito de realizar vários assaltos, no bairro do Valentina de Figueiredo, na Zona Sul de João Pessoa.…

Falso sequestro: problema vivido por padre ficará sob sigilo durante investigação

Ainda está sob sigilo o teor do problema pessoal vivido pelo padre Gilmar  antes de chegar à Paraíba, que motivou a extorsão no valor de R$ 50 mil e a…