A Polícia Militar prendeu, nessa sexta-feira (29), o suspeito de liderar o tráfico de drogas do Bairro São José, em João Pessoa. A prisão ocorreu no bairro do Bessa, de onde era gerenciada toda a movimentação da venda de entorpecentes. Na ação, foram apreendidas uma pistola, várias embalagens com cocaína, balança de precisão, dinheiro, celulares e duas maquinetas de cartão de crédito usadas também no esquema.

O suspeito, que tem 27 anos, é da cidade de Mari e tinha vindo para a capital paraibana comandar o tráfico no Bairro São José, desde janeiro, conforme os levantamentos realizados pela PM. Em fevereiro, a Polícia Militar cercou o bairro para prendê-lo, mas ele conseguiu fugir por uma área de mata. De lá para cá, o suspeito vinha atuando do apartamento, que fica no Bessa, indo no São José apenas na madrugada, mas não com frequência, ainda de acordo com as informações obtidas.

A prisão dele foi realizada pela Companhia Especializada em Apoio ao Turista (CEATur), através da indicação precisa da Coordenadoria de Inteligência (COInt) da PM, e é resultado de quase cinco meses de levantamentos de informações para desarticular o esquema do tráfico do Bairro São José.

A prisão – Os policiais descobriram onde ficava o apartamento e montaram um cerco. No fim da tarde, a companheira dele saiu do prédio em um carro e o veículo foi abordado. Ela estava com várias embalagens de cocaína e estaria indo fazer uma entrega. Após a prisão dela, os policiais conseguiram localizar o homem no apartamento, onde ele estava com a pistola.

O caso foi levado para a Central de Flagrantes, no Geisel.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mulher é arrastada por carro por cerca de 10 metros, em João Pessoa

Nesta sexta-feira (03) uma mulher foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa após ser agredida no bairro do Bessa, em João Pessoa. Vizinhos relataram que…

Foragido da justiça por estupro de adolescente é preso pela PRF na Paraíba

A prisão do homem de 45 anos ocorreu em um período de crescimento da violência contra pessoas vulneráveis por causa do isolamento social A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba…