Mais uma prisão foi efetuada pela Delegacia de homicídios da cidade de Campina Grande. Segundo informações da delegada Suelane Guimarães, foi dado cumprimento a mandado de prisão temporária contra um homem conhecido como “Coquetel”, apontado como um dos autores de um homicídio na cidade.

De acordo com as investigações da Delegacia de Homicídios de Campina Grande, a vítima foi morta com diversos disparos de arma de fogo de calibres diferentes na noite de 16 de janeiro de 2018 no Jardim Continental.

Ainda segundo a delegada Suelane Guimarães, outros comparsas participantes do crime já foram assassinados e “Coquetel”, que é o único sobrevivente, agora segue preso por força de mandado judicial expedido pelo 2º tribunal do júri.

“Coquetel também participou de outro homicídio acontecido no dia 1° de agosto de 2018, no mesmo bairro do Jardim Continental. Agora, aguarda na carceragem da Central de Polícia sua apresentação para audiência de Custódia”, concluiu.

PB Agora

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Esposa esfaqueia marido após discussão, em Mamanguape

Após chegar em casa bêbado um homem terminou sendo esfaqueado pela esposa na noite de ontem (22), na cidade de Mamanguape. Segundo informações iniciais da polícia, a vítima teria sido…

Suspeito de assassinar radialista em Campina tem registro do Creci cassado

Mais um fato sobre o assassinato do radialista Joacir Oliveira Filho, que tem como suspeito o corretor de imóveis Roberto Vicente Correia do Monte, ocorreu é que Roberto teve seu…