Um homem suspeito de praticar homicídio no estado do Pará foi preso na sexta-feira (15), em João Pessoa. A ação foi realizada durante uma operação que envolveu policiais civis paranaenses e a equipe do Grupo de Operações Especiais (GOE) paraibano.  

O suspeito, Tarcísio Oliveira Pereira, teve a prisão decretada pela justiça paranaense após ser apontado pelos investigadores como o responsável pela morte do fazendeiro Luciano Albano Fernandes, 52 anos. Ele foi assassinado com dois tiros, na frente de sua casa.  O crime ocorreu no dia 19 de maio, no município de Anapu, região oeste do Pará.  De acordo com as investigações, o assassinato foi motivado por interesses financeiros na venda de madeira extraída na propriedade da vítima.

A delegada do GOE da Paraíba, Karine de Lima Vasconcelos, explicou que um grupo de policiais civis do Pará veio até João Pessoa para cumprir o mandado de prisão. “O delegado e os agentes do Pará, ao chegarem em João Pessoa, procuraram o GOE para pedir apoio na operação. Formamos uma equipe e cumprimos o mandado de prisão”, acrescentou a delegada.

Segundo Karine, o suspeito de homicídio estava escondido em uma residência em Tambaú, bairro de área nobre em João Pessoa. Não houve resistência. Após ser preso, Tarcísio foi apresentado à Justiça da Paraíba e participou de uma audiência de custódia. Ele foi ouvido pelo juiz e, até a manhã desta segunda-feira (18), permanecia preso. O Judiciário analisa um pedido feito pelos policiais paranaenses para transferir o preso para o Pará, onde ele deve ser interrogado e processado.

Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, é alvo de buscas e apreensões da PF

A Polícia Federal (PF) cumpre, na manhã desta terça-feira (15/10), nove mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao presidente do PSL, Luciano Bivar. A Operação Guinhol investiga esquema…

Homem é preso suspeito de participar de estupro coletivo, em Santa Rita

A Polícia Militar prendeu um homem suspeito de participar do estupro coletivo que aconteceu em Santa Rita, no último domingo (13). A vítima, de 21 anos, identificou três homens que teriam…