Por pbagora.com.br

Em menos de 24 horas, a Polícia Militar prendeu a principal suspeita de ter matado seu próprio pai, no último domingo (16), na zona rural do município de Maturéia, sertão paraibano. A mulher, de 35 anos de idade, foi presa nas primeiras horas desta segunda-feira (17) em Teixeira.

Os policiais do 3º Batalhão chegaram até ela após receberem informações de um áudio em que a suspeita confessava a autoria do crime. Ela foi presa em uma ação da PM, confessou que o homicídio aconteceu após discussão com o pai por causa de uma ‘bebedeira’, e que teria efetuado disparo de arma de fogo contra a vítima, levando-o a morte. Durante a prisão, a mulher também apontou o local onde a arma do crime estava escondida, uma espingarda de fabricação caseira.

A arma e a suspeita foram encaminhadas para a delegacia da Polícia Civil em Teixeira, onde as informações passadas para a PM deverão ser investigadas.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem que morreu ao colidir em viatura da PRF possuía antecedentes criminais

O motociclista que morreu durante fuga após receber ordem de parada pela Polícia Rodoviária Federal, estava portando uma arma e possuía antecedentes criminais por envolvimento do tráfico de drogas. De…

Procurado da Justiça é preso em ação das Polícias Civil da PB e do RN

Um homem acusado de praticar assaltos e de matar o irmão de um prefeito no Rio Grande do Norte foi preso em João Pessoa, na manhã desta sexta-feira (25). A…