A polícia prendeu um homem suspeito de agredir e manter a esposa em cárcere privado durante uma semana, em Santa Rita, na Grande João Pessoa. A mulher de 28 anos convivia com esse homem há mais de um ano e, na última semana, foi impedida de sair de casa. Antes disso, ela foi agredida por ele.

Segundo apurou a Polícia Civil o marido não permitia que a mulher saísse sozinha sequer para fazer feira, não deixava que ela conversasse com familiares, nem telefonasse para a mãe, que mora no Rio de Janeiro.

No domingo da semana passada o homem saiu de casa e a deixou trancada, conforme conta a delegada Paula Monalisa. Na volta, ele percebeu que ela havia tomado banho e trocado de roupa. Com ciúmes, ele manteve a esposa durante toda a semana presa em casa e a agrediu durante a manhã.

Neste domingo (18), no entanto, ele saiu e, quando voltou, por volta das 16h, reclamou que ela havia saído para o quintal para lavar roupa. Então ele começou uma nova série de agressões, com murros e chutes que machucaram a mulher.

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Adolescente é encontrada morta na zona rural do município de Livramento

Na tarde de ontem, por volta das 17 horas, a jovem Ayane Xavier de 16 anos foi encontrada morta na zona rural do município de Livramento, após ingerir veneno. Os…

Suspeito de construir prédios que desabaram no Rio é preso em PE

A Polícia Militar de Pernambuco prendeu um dos suspeitos de construir os prédios que desabaram na comunidade da Muzema, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, em abril…