Em menos de uma hora, dois homens suspeitos de praticar ameaças de morte contra ex-companheiras foram presos pela Polícia Civil. As ações ocorreram nos bairros de Rangel e Roger, em João Pessoa e foram realizadas por equipes da Delegacia de Atendimento à Mulher da Zona Norte de João Pessoa (Deam Norte). Uma das prisões teve apoio da Guarda Municipal de João Pessoa.

A primeira prisão ocorreu por volta das 11h. A vítima de 36 anos procurou a polícia para comunicar que estava sofrendo ameaças de morte do ex-marido.

Segundo a delegada Amindonzele Carneiro, o suspeito já havia sido denunciado por praticar violência doméstica. “A Justiça havia decretado uma medida protetiva obrigando o agressor a se manter afastado da vítima. Mas ele descumpriu”, afirmou a delegada.

Com apoio da Ronda Maria da Penha da Guarda Municipal de João Pessoa, os policiais conseguiram localizar e prender o agressor no bairro do Rangel.

A prisão ainda estava em andamento quando outra mulher de 23 anos chegou à delegacia. “Ela chegou informando que estava desde sábado fora de casa, escondida na casa de amigos, porque o ex-companheiro estava fazendo ameaças de morte”, explicou Amindonzele.

“A vítima disse que o suspeito tem antecedentes criminais e estava de posse de uma faca para matá-la”, completou.

Após ser informada do caso, a equipe da Deam iniciou diligências e conseguiu localizar e prender o segundo suspeito na região conhecida como “Comunidade do S”, no Roger. Uma faca usada na ameaça foi apreendida.

Os dois homens foram autuados com base na Lei Maria da Penha e serão levados para a carceragem da Central da Polícia Civil, no Geisel, em João Pessoa. Eles serão apresentados ao Poder Judiciário nesta terça-feira (28) durante audiência de custódia.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Suspeito de mandar matar parente de políticos de Diamante é preso

Um homem suspeito de ser o mandante de um homicídio foi preso na manhã desta quinta-feira (2) durante ação da Polícia Civil. O fato ocorreu na cidade de Conceição, no…

Empresários de CG e Recife são presos por sonegação de R$ 200 mi

Nesta quinta-feira (2), a Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ-PB), por meio da Gerência Executiva de Combate à Fraude Fiscal (GECOF), o Ministério Público da Paraíba (MP-PB), por meio da…