A Paraíba o tempo todo  |

Polícia prende acusado de matar radialista em Campina Grande

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Após longa investigação, a polícia prendeu nesta quinta-feira (30) um homem suspeito de matar o radialista e cantor Jota Gomes no dia 31 de dezembro de 2017, no bairro Jardim Paulistano, em Campina Grande.

Durante as investigações, a polícia ouviu testemunhas que contaram alguns detalhes do crime. Depois de denúncias anônimas, a Polícia Civil chegou até um suspeito que vivia na região e era conhecido como “cavalo azul”.

Uma testemunha viu o acusado ainda perto do corpo da vítima momentos após o crime. O suspeito estava foragido e foi encontrado no bairro da Catingueira.

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe