Foto: Reprodução/Whatsapp

Policiais militares do Grupo de Ação Tática (GAT) foram acionados, no final da manhã desta sexta-feira (29), para tentar impedir uma tragédia em um flat na orla de Cabo Branco.

De acordo com as informações durante uma discussão a mulher, que tem depressão, tomou a arma do marido, que é policial rodoviário federal do estado de Pernambuco e se trancou em um quarto ameaçando disparar.

O Corpo de Bombeiros também esteve no local, assim como agentes da PRF.

A rua e o prédio foram isolados.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Internos do Lar do Garoto têm processos reavaliados por videoconferência

Adolescentes que cumprem medidas socioeducativas na Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida”- Fundac participaram de audiência concentrada para reavaliação de medida por videoconferência, pela primeira vez…

Polícia prende mulher suspeita de planejar operação para libertar detento na PB

A Polícia Militar prendeu uma mulher suspeita de planejar operação para libertar detento na Paraíba. A mulher de 32 anos, estava foragida, e foi presa na noite de terça-feira (30),…