Por pbagora.com.br

O jornal Extra, do estado de Alagoas, publicou notícia nesta terça-feira (26) afirmando que o filho do deputado alagoano, Givaldo Camburão, está sendo investigado pela Polícia como o mentor do assalto ocorrido no último dia 19 de maio, em João Pessoa, quando a empresária Maria Jaydeth Miranda foi abordada por assaltantes na BR 230 e teve R$ 240 mil em dinheiro levados pelos criminosos.

Segundo o jornal, o filho do deputado Givaldo Carimbão, identificado como Givaldo de Sá Gouveia Júnior, está “enrolado” numa operação financeira estranha ocorrida na cidade de João Pessoa, após comprar um posto de combustível da empresária vítima do assalto. A suspeita é de que Givaldo teria passado as características da vítima aos bandidos, para que os mesmos recuperassem o valor investido na transação.

“Carimbinho”, como é conhecido em Alagoas, disse na Polícia que o dinheiro foi fruto da venda de uma granja do pai em Brasília e terrenos localizados em Alagoas. A polícia investiga a real procedência do dinheiro e por qual razão o acusado não realizou transferência bancária na operação com a empresária paraibana.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Dois homens são presos após trocarem tiros com a polícia, em João Pessoa

Nesta sábado (24), a Polícia Militar prendeu dois homens que trocaram tiros com os policiais no bairro de Mandacaru, em João Pessoa. Eles são suspeitos de praticar um assalto na…

Polícia investiga suposto atentado sofrido por candidatos no Sertão

Um atentado sofrido por uma candidata prefeita e dois candidatos a vereador da cidade de Condado, no Sertão paraibano, está sendo investigado pela Polícia Civil. De acordo com as informações…