Uma pane elétrica e nove cidades na região da Boborema ficam sem água. Diante dos levantamentos feitos até agora pela Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), a Polícia Civil decidiu entrar no caso e apurar se foi criminoso o incêndio e a destruição na estação de tratamento de água Gravatá, que fica em Queimadas.

A polícia decidiu entrar no caso após Boletim de Ocorrência (B.O) prestado na segunda-feira (18), três dias após o ocorrido, por um servidor da Cagepa. De acordo com a delegada Diane Regina, responsável pela investigação do caso, uma equipe do Instituto de Polícia Científica (IPC) já esteve na estação na manha desta quarta para realizar uma perícia e não há indícios de uma ação criminosa.

Além do servidor que prestou o B.O., outros dois servidores também serão ouvidos, já que segundo a delegada, eles estavam na estação no momento do incêndio. O laudo deve ser emitido até o dia 29 deste mês.

A pane elétrica afetou o abastecimento de água em Campina Grande (e distritos), Queimadas, Barra de Santana, Caturité, Lagoa Seca, São Sebastião de Lagoa de Roça, Matinhas, Alagoa Nova e Pocinhos. A previsão é de que o abastecimento seja normalizado nesta sexta-feira (22).

 

PB Agora

 

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia desarticula esquema de tráfico que atuava em Jacaraú

A Polícia Militar desarticulou um esquema do tráfico de drogas que funcionava em uma casa, na cidade de Jacaraú, no Litoral Norte da Paraíba, onde foram apreendidas arma, pedras de…

Polícia prende suspeitos de roubos a estabelecimentos comerciais e carros em CG

A Polícia Militar prendeu três suspeitos que seriam responsáveis pela prática de assaltos a estabelecimentos comerciais e roubos de carros, nos últimos dias, na cidade de Campina Grande. A prisão…