A Polícia Civil da Paraíba, por meio da 1° Delegacia Distrital de Campina Grande, deu cumprimento, na manhã desta sexta-feira (22), ao mandado de prisão preventiva em desfavor de José Bruno de Andrade, 21 anos, pela prática de tentativa de homicídio. O mandado de prisão expedido pelo Poder Judiciário foi representado pela delegada Rúbia Christianni, da 1ª Distrital.

Conforme informações policiais, José Bruno tentou matar uma pessoa no dia 10 de abril deste ano, fato ocorrido na rua Travessa José Américo de Almeida, bairro do José Pinheiro, em Campina Grande. Ele está recolhido no Presídio de Segurança Máxima PB1, em Jacarapé, Litoral Sul da Capital João Pessoa, local onde foi cumprido o mandado de prisão. Ainda há indícios de que José Bruno seria responsável por um homicídio ocorrido no município de Pitimbu, fato este que está sendo investigado pela Polícia. O preso deve passar novamente por audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.

Segundo a Polícia, José Bruno foi preso, em maio deste ano, pela equipe da Delegacia de Repressão a Entorpecente, com forte atuação no tráfico de drogas e crimes violentos, principalmente na zona leste campinense. Durante a ação, também foram apreendidas em seu poder duas armas, sendo uma pistola .40, roubada de um Policial Militar, e um revólver calibre 38, certamente utilizadas para práticas de crimes na região. José Bruno é irmão de Erica Virginia Andrade da Costa, presa no último mês de março com drogas ilícitas e objetos furtados e roubados. No momento da prisão, Bruno conseguiu fugir do local, evitando assim sua prisão.



Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem é preso com produtos comprados em nome de terceiros

Um homem suspeito de praticar estelionato foi preso pela Polícia Civil em posse de diversos produtos adquiridos em nome de terceiros. A prisão ocorreu na casa do suspeito, no bairro…

Menor infrator tem internação mantida por ameaçar pessoas com armas brancas, em Cuitegi

Por unanimidade e em harmonia com o parecer do Ministério Público, a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba negou provimento ao recurso apresentado em favor de um menor…