A Paraíba o tempo todo  |

Polícia Civil organiza greve na Paraíba

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Após se reunir com delegados, o Secretário de Segurança do Estado da Paraíba Gustavo Gominho recebeu os representantes dos agentes de Polícia Civil e utilizou o mesmo discurso de “crise financeira” para não atender as reivindicações dos agentes, representados, na ocasião, pela diretoria da ASPOL/PB.

De acordo com o presidente da Associação, Alberto Soares, Gominho informou que poderá dar uma resposta para categoria apenas em setembro, data em que a economia do Estado, possivelmente estará normalizada.

Como nada ficou decidido, no próximo dia 01 de junho a Associação realizará uma Assembléia Geral junto à categoria para deliberar sobre o movimento paredista. Sem contraproposta, a Aspol também não descarta a possibilidade de greve.

Assim como prometido aos delegados, Gominho garantiu a presença na assembléia dos agentes e servidores da polícia civil, a ser realizada às 20h, no auditório OAB em João Pessoa.

Os servidores da Polícia Civil reivindicam, entre outras coisas, que o salário da categoria volte ao patamar percentual em relação ao salário dos delegados, instituído no governo Maranhão II.
 

 Márcia Dias

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe