Por pbagora.com.br

As Polícias Civil e Militar prenderam, nesta segunda-feira (28), três homens, uma mulher e ainda apreenderam dois adolescentes, todos envolvidos no homicídio que vitimou Josefa Justino da Silva, de 63 anos, no último fim de semana, na cidade do Conde, Litoral Sul da Paraíba. A idosa teria sido morta por engano e a quadrilha já se articulava para cometer outros assassinatos.

Foram presos: Danilo Gomes do Nascimento, Michael Douglas, Gustavo Henrique e Severina Maria dos Santos. De acordo com o titular da 6ª Delegacia Seccional (6ª DSPC), Aneilton Castro, as investigações apontam que a chefe do grupo é Severina Maria dos Santos. “Ao levantarmos as informações, entendemos que ela é quem fornecia armas e munições para os criminosos e ainda teria efetuado parte do pagamento a Danilo Gomes, pelo homicídio de Josefa Justino. É importante ressaltar que cada um dos presos tem um envolvimento diferente com esse homicídio. O Danilo, por exemplo, foi quem entrou na casa e executou a idosa. O Michael Douglas e o Gustavo Henrique estavam com munições e arma para realizar o assassinato de outra vítima e tem ainda os dois adolescentes: um que apontou a casa de Josefa e outro que recebia munições da chefe do esquema criminoso”, ressaltou Castro.

Os suspeitos foram presos e os adolescentes foram apreendidos na comunidade Boa Água, no município do Conde. Com eles, a Polícia apreendeu um revólver calibre 38, munições e uma quantia em dinheiro. De acordo com o comandante da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar, capitão Kelton Pontes, as prisões dos suspeitos não só ajudaram a elucidar um crime, mas evitaram outros dois que poderiam acontecer. “Conforme informações que levantamos, a idosa foi morta por engano e no dia da prisão dos suspeitos já estava planejado o assassinato da mulher que eles realmente queriam matar e também de um adolescente que seria o responsável por indicar a casa da mulher errada no último sábado (26), que resultou na morte da idosa”, detalhou.

Os presos vão responder pelos crimes de associação criminosa, porte ilegal de arma e munição e homicídio. Os adolescentes serão encaminhados para o Centro Educacional do Adolescente (CEA), a mulher vai para uma Unidade Prisional Feminina e os três homens serão levados para o Presídio do Róger, em João Pessoa. Todos ficarão à disposição das decisões da Justiça.

 

 

Secom

Notícias relacionadas

Suspeito de violentar jovem e assaltar família na Paraíba, é preso

A Polícia Militar localizou e prendeu o principal suspeito de violentar uma jovem, assaltar sua família, e de cometer vários crimes de roubo na região de Lagoa Seca e Puxinanã.…

PM prende suspeito de crimes, apreende armas e mais de 200 munições

A Polícia Militar prendeu um homem de 29 anos de idade, suspeito de integrar um grupo criminoso que estava agindo na região do Vale do Piancó, no sertão do estado.…