Por volta das 11h de desse domingo (10), o Copom da 3ª Companhia acionou uma guarnição de RP para atender uma ocorrência de violência doméstica no sítio Braga II, na zona rural de São José de Piranhas.

Quando a guarnição chegou ao local a vítima informou aos militares que seu esposo estava lhe ameaçando desde ontem com uma arma de fogo e que o mesmo teria pego um filho menor do casal e tomado destino ignorado dentro da caatinga.

Ainda segundo a vítima, pela manhã familiares foram procurar a criança e o acusado quando os encontraram dormindo em baixo de uma árvore, momento em que pegaram a criança e uma sacola e entregaram a solicitante que encontrou no interior da sacola um revólver calibre 32 municiado com 07 munições do mesmo calibre, e finalmente resolveram acionar a PM através do número de emergência – 190.

Várias diligências foram feitas naquela localidade, porém, o acusado não foi encontrado. No entanto, a arma de fogo foi conduzida para Delegacia de Polícia Civil de São José de Piranhas para as providências legais.

 

Assessoria do 6º BPM

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia captura mais de 100 suspeitos de crimes no fim de semana, na PB

A Polícia Militar conduziu 123 suspeitos de homicídios, roubos, furtos e outros tipos de crimes até as delegacias, neste terceiro fim de semana do ano, em várias cidades da Paraíba.…

Policial que atirou e deixou feridos durante festival na Paraíba é encaminhado para presídio de PE

O policial militar de Pernambuco suspeito de atirar e deixar duas pessoas feridas durante uma confusão em um festival, em Cabedelo, na Grande João Pessoa, neste domingo (19), já foi…