Por pbagora.com.br

O delegado da 10ª Seccional, com sede em Campina Grande, Henry Fábio Ribeiro, afirmou nesta quinta-feira (14) que a Polícia Civil intimou todas as vítimas que procuraram o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande supostamente atacadas por agulhadas.

 

De acordo com Henry, das 31 supostas vítimas apenas 2 procuraram a delegacia, por livre e espontânea vontade.

 

"Intimamos todas as pessoas que deram entrada no Trauma e estamos marcando para conversar. Fomos com uma das vítimas no Parque do Povo para identificar o local e hora que ela foi agredida para buscarmos junto às câmeras de segurança", disse.

 

Seis pessoas já foram ouvidas e todos serão submetidos a fazer o exame de corpo de delito.

 

"Peguei a relação de todas as pessoas que deram entrada e vou escutar uma por uma. Já ouvi seis e de apenas uma consegui a confirmação de que tinha sido realmente furada com agulha e deu informações de horário e local. Levamos ela fisicamente ao parque do povo para ver a câmera exata. Algumas pessoas já foram escutadas e outras vão ser intimadas. Estamos tentando identificar a materialidade do crime através das câmeras e das características dos agressores passadas pelas vítimas. Temos um perfil determinado (dos agressores) e é mais de um agressor agindo”, contou o delegado.

 

Redação com Arapuan

Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Adolescente sobrinho de prefeito sofre tiro durante assalto, em Solânea

Após sofrer uma tentativa de assalto, um adolescente de 17 foi alvejado com um tiro no rosto. A tentativa de assalto aconteceu na noite quinta-feira (13) em Solânea, no Agreste…

Operação Rent a Car afasta prefeito do município de Camalaú no Cariri da PB

Um mandado expedido pela Justiça da Paraíba afastou do cargo o prefeito do município de Camalaú, no Cariri da Paraíba. Alecsandro Bezerra dos Santos (PSDB), conhecido por Sandro Moco, é acusado de…