Por pbagora.com.br

A Polícia Civil cumpre, na manhã desta quarta-feira (19), 12 mandados de prisão preventiva, em bairros de João Pessoa e em uma unidade prisional de Pernambuco. A ação batizada de Operação Vulcano tem o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada em crimes contra o patrimônio, especificamente no roubo a locadores de veículos.

A operação é direcionada pela Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (DCCPat), de João Pessoa, e conta com mais de 50 policiais. De acordo com as investigações, todos os mandados são contra integrantes de uma quadrilha especializada na prática de crimes contra o patrimônio, envolvendo valores expressivos em roubos de veículos de locadoras.

O líder da quadrilha está preso na delegacia de roubos e furtos e, conforme explica o delegado de roubos e furtos, Wagner Dorta, o suspeito roubava veículos que custavam cerca de R$ 60 mil e vendia a preços muito baixos. O valor estimado do prejuízo é de R$ 4 milhões.

De acordo com o delagado, a quadrilha cometia vários crimes em João Pessoa, Pernambuco e Ceará, mediante fraude de veículos de locadoras.

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Notícias relacionadas

Homem que estava desaparecido é encontrado morto dentro de Banco, em Sousa

Um homem foi encontrado sem vida no interior da Agência da SICREDI, no Centro da cidade de Sousa, no Sertão da Paraíba. De acordo com as informações ele estava desaparecido…

Polícia apreende armas e munições em casa abandonada em João Pessoa

No início da tarde desta quinta-feira (25) a Polícia Militar da Paraíba apreendeu armas, munições e droga em uma casa na Comunidade Frei Damião, no bairro do Valentina de Figueiredo, em…