Por pbagora.com.br

Ocorrências de homicídio e tentativa de homicídio movimentaram a área policial durante todo o dia de ontem (23) no Estado da Paraíba. Confira algumas ocorrências:

Joalisson Gomes Alves, 30 anos, foi assassinado com um disparo de espingarda calibre 12. O crime ocorreu na Rua 24 de Maio, no bairro do Catolé, em Campina Grande. A vítima ainda foi socorrida ao Hospital Antônio Targino, mas não resistiu à gravidade do ferimento e veio a óbito.

O vigilante Saulo de Pontes Bispo, 28 anos, foi assassinado a tiros na cidade de Pedras de Fogo. Segundo testemunhas, dois homens em uma motocicleta de modelo e cor ignorada se aproximaram de Saulo e efetuaram os disparos.

Saulo estava em companhia de um amigo quando foi assassinado. O rapaz foi atingido por um disparo e socorrido por terceiros ao hospital da cidade, onde recebeu os devidos cuidados médicos e não corre risco de morte.

Na comunidade do Colinas do Sul, em João Pessoa, foi assassinado o vigilante João Batista Silva, 55 anos. A vítima foi executada com um disparo na nuca quando realizava rondas na região.

Ainda em João Pessoa, desta vez na comunidade Tieta, no bairro do Ernesto Geisel, quatro homens armados executaram a tiros Ricardo Elias da Silva, 22 anos. Após o crime os acusados fugiram e duas bicicletas, sentido ao bairro do Grotão.

No município de Bayeux, mais precisamente na Rua Gustavo Maciel Monteiro, no bairro do Sesi, um homem foi assassinado a tiros em frente à própria residência. Segundo familiares, a vítima era usuária de drogas.
 

Tentativas de homicídio

O aposentado Luiz Xavier da Fonseca, 73 anos, foi atingido por um disparo de arma de fogo no peito. Segundo testemunhas, a vítima estava em casa quando dois homens chegaram procurando por um jovem, neto do aposentado. Como não encontraram o alvo, os pistoleiros resolveram atirar em Luiz Xavier. O crime aconteceu na Vila dos Teimosos, bairro de Bodocongó, município de Campina Grande.

Thiago Moraes