A Paraíba o tempo todo  |

Paraíba tem a menor taxa de mortes por confronto policial do Norte e Nordeste; confira o ranking

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A Paraíba tem a 4ª menor taxa de mortes por confronto policial do país e a menor do Norte e Nordeste, de acordo com os dados do Anuário 2021 do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), que contém os resultados alcançados pelo Estado em 2020. 
 
Segundo a publicação, foram registradas 0,9 ocorrências por cem mil habitantes, cujo dado corresponde à terceira menor proporção entre essas mortes no total de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte.
 
“Esse é um dado muito importante, significativo. Isso é fruto de um trabalho que vem sendo feito desde a formação dos policiais ainda nos cursos de ingresso à carreira policial, assim como nas capacitações; todo trabalho de conscientização, de humanização. A gente tem buscado cada vez mais aproximar a população da Polícia e a Polícia da população para que se possa ter uma relação próxima e de confiança. É fundamental que a população compreenda que a polícia é aliada, parceira trabalha pra ela e ser primeiro lugar no Nordeste e quarto no país em letalidade policial é um feito muito importante para o nosso Estado, que deve deixar a população orgulhosa”, afirmou o secretário da Segurança e Defesa Social, Jean Nunes.
 
O Anuário do FBSP aponta ainda que a Paraíba vem se destacando também em outros indicadores na região Nordeste: menor taxa de roubos totais, menor taxa de roubos e furtos de veículos e maior taxa de apreensão de armas de fogo.
 
De acordo com a publicação, em 2020, o estado teve o terceiro menor índice de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte, no Nordeste, com uma taxa de 28,9 mortes por cem mil habitantes, perdendo apenas para Piauí e Maranhão. A Paraíba também aparece com a segunda maior redução acumulada de homicídios na região, no período de 2011 a 2020, saindo de 44 assassinatos por cem mil habitantes e gerando uma queda de 34,3% na taxa, em relação às mortes no ano passado. A maior redução foi de Alagoas (51,1%).

Da Redação com Assessoria

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe