Por pbagora.com.br

A Polícia Militar reforçou as ruas de várias cidades paraibanas, desde as primeiras horas desta quinta-feira (14), com a Operação Alvorada, que nesta 1ª edição do ano teve a atuação de 805 policiais e 288 viaturas para ocupar localidades com maiores incidências criminais. Os trabalhos foram coordenados pelo próprio comandante-geral da corporação, coronel Euller Chaves.

Três suspeitos foram presos, uma arma foi apreendida e também drogas, nas cidades de João Pessoa e Santa Rita. Na Capital, o preso, que tem 23 anos, é suspeito de vários assassinatos ocorridos nos bairros do Cristo e Rangel. Contra ele, havia um mandado de prisão por roubo. Em Santa Rita, foram presos dois homens, de 27 e 18 anos, um deles com um revólver e outro com drogas, no bairro Alto das Populares.

Reforço em Mandacaru – Um dos bairros que recebeu maior atenção por parte da Operação Alvorada foi Mandacaru, por causa da incidência de crimes contra a vida, registrados nos últimos dias. Equipes de várias unidades operacionais realizaram incursões em pontos indicados pelas Coordenadorias de Inteligência e de Estatística. O trabalho terá continuidade, mesmo após a Alvorada, com o objetivo de prender envolvidos com o tráfico de drogas, que seriam os responsáveis pelos crimes no bairro.

Ao todo, a população de 130 cidades acordou com a presença da Operação Alvorada nas ruas. Outras operações devem ocorrer nos próximos dias.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Equipe da TV Paraíba é assaltada durante reportagem em Campina Grande

Na manhã desta sexta-feira (22), uma equipe de reportagem da TV Paraíba, afiliada da TV Globo, foi assaltada na cidade de Campina Grande. Segundo as informações, o repórter Artur Lira…

Polícia prende jovem por tráfico e apreende menor por dano ao patrimônio

Uma ação realizada contra o tráfico de drogas, na comunidade Salinas Ribamar, na noite dessa quinta-feira (21), em Cabedelo, resultou na prisão de um jovem de 20 anos, que foi…