Por pbagora.com.br

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de Campina Grande – DRE/CG deflagrou na tarde de ontem, terça-feira (29) a “Operação Metalon”, com o escopo de desbaratar uma organização criminosa voltada para o tráfico de drogas, roubos de veículos e “explosões a bancos”.

 

As investigações, inclusive com o rastreamento de um veículo Fiat Strada roubado neste município, levaram os agentes desta DRE/CG a uma casa no Sítio Caluête, na zona rural de Boa Vista, onde foram apreendidas duas armas de fogo, sendo uma espingarda calibre 12 e uma escopeta calibre .44, além de 18 (dezoito) artefatos explosivos, já com cordéis detonantes e espoletas, prontas para uso em ações contra instituições financeiras.

 

Também foram apreendidas cédulas de R$ 50,00 (cinquenta reais) com manchas de tinta vermelha (certamente oriundas de caixas eletrônicos violados), luvas, roupas camufladas, grampos e outros objetos relacionados aos crimes supracitados.

 

Chamou a atenção os explosivos confeccionados com “metalon”, de alto poder de destruição, que podem ser usados inclusive em explosões contra carros fortes.

 

Dois suspeitos fugiram pela mata, abandonando seus documentos no local, o que possibilitou suas identificações, e os investigadores desta DRE/CG continuam em diligências com o escopo de prendê-los.

 

Redação

Notícias relacionadas

Dupla que realizava roubo a trabalhadores rurais é presa pela PRF, em Alhandra

A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba (PRF) prendeu em flagrante, no início da manhã desta quinta-feira (13), dois homens após tentativa de roubo. A prisão ocorreu no município de Alhandra,…

Polícia resgata sete cães pitbulls que eram usados para ‘rinha’ em JP

A Polícia Militar resgatou sete cães da raça pitbull que estavam em situação de abandono, em uma residência usada como ‘rinha’ de cachorros, no bairro do Cristo Redentor, em João…