A Paraíba o tempo todo  |

‘Operação Loki’ da PC prende em JP policial suspeito de fraudar concursos públicos

A Polícia Civil da Paraíba em conjunto com as corporações de Alagoas e Pernambuco, deflagrou na manhã de hoje (21) a operação ‘Loki’ contra um policial militar suspeito de liderar uma organização criminosa especializada em fraudar concursos públicos. A ação é coordenada pela Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) de João Pessoa.

Um mandado de prisão e quatro de busca e apreensão serão cumpridos até o fim do dia de hoje. Os mandados foram expedidos pela 17ª Vara de Alagoas. A quadrilha é suspeita de fraudar concursos da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

Em João Pessoa, o homem estava em uma casa ampla no Portal do Sol. “O trabalho investigativo identificou homem, que já foi alvo de outras operações, como a Operação Gabarito. Ele teria comandado as fraudes”, disse o delegado Diego Beltrão, da DRACO.

O suspeito, que é um policial, ostentava um patrimônio incompatível com a renda. Ele, inclusive, já havia sido preso em decorrência da operação Gabarito. “Estava em liberdade. Um indivíduo que é policial militar no estado de Alagoas tinha patrimônio grande e incompatível com o trabalho dele. Justamente a através dessas fraudes”, completou o delegado.

Outras pessoas identificadas e há cumprimento de mandados em outros estados.

Da Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      3
      Compartilhe