A Polícia Civil da Paraíba, através da Delegacia de Homicídios e do Grupo de Operações Especiais (GOE) de Campina Grande, realizou com a Polícia Militar e Bombeiros Militar, a operação integrada denominada “Intriga”.

A Operação aconteceu nas primeiras horas desta quinta-feira (08) no bairro do Alto Branco destinada ao cumprimento de seis mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão domiciliar.

Segundo o delegado Luciano Soares, da Seccional de Campina Grande, foram presos dois homens e uma mulher suspeitos de homicídio e tráfico de drogas. “Foram presos Josefa Souto Silva, Célia da Silva Lima e Bruno Santos Costa. Eles são investigados em inquéritos que apuram autoria de homicídio e também foi encontrada certa quantidade de drogas ilícitas em suas residências”, destacou.

As equipes da Polícia Civil são originárias da Delegacia de Homicidos e GOE de Campina Grande e a operação ainda continua nas ruas no decorrer da manhã de hoje. “Estão sendo empregados na operação 40 policiais e 12 viaturas da Polícia Civil, além da utilização de cães farejadores, Forca Tática da Polícia Militar e viaturas de Resgate e Operacional do Corpo de Bombeiros Militar”, concluiu o delegado Luciano Soares.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, é alvo de buscas e apreensões da PF

A Polícia Federal (PF) cumpre, na manhã desta terça-feira (15/10), nove mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao presidente do PSL, Luciano Bivar. A Operação Guinhol investiga esquema…

Homem é morto em Alagoa Nova, após discussão por aparelho celular

Uma discussão banal por uma aparelho de celular, resultou na morte de um homem de 29 anos, na madrugada de ontem (14), na cidade de Alagoa Nova, no Agreste paraibano.…