A Polícia Civil da Paraíba deu início a 4ª fase da Operação Gabarito, que age no intuito de deter investigados de participarem de um esquema de fraudes em concursos públicos em todo o Brasil.

Segundo informações do delegado responsável pela operação, Lucas Sá, os equipamentos utilizados pelos suspeitos para fraudar os certames funcionavam, segundo laudo dos peritos, como um celular com chip, desta forma, era possível fazercom que os acusados pudessem transmitir da Paraíba para qualquer estado e assim fraudavam concursos no Amazonas, São Paulo, Rio de Janeiro entre outros.

Ainda de acordo com o delegado, ds 34 indiciados e envolvidos diretamente na execução das prova, 31 já estão presos. A quarta etapa da operação deve continuar investigando documentos apreendidos nos últimos cinco meses, já que novas provas sugem todos os dias.

Lucas Sá ressalta que há muitas pessoas em liberdade ainda e a polícia já trabalha na hipótese de que mais de R$ 100 milhões foram movimentados com essas fraudes.

 

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia prende suspeita de tráfico de drogas em Santa Rita

Em mais uma ação de combate ao tráfico de drogas, a Polícia Militar prendeu uma suspeita que estava com 40 pequenas pedras de substância semelhante ao crack, prontas para o…

Homem que responde por tráfico volta a ser detido com droga em JP

A Polícia Militar prendeu novamente um mesmo suspeito de 25 anos atuando no tráfico de drogas, em João Pessoa. Desta vez, o acusado foi interceptado no momento em que estaria…