Até o final da manhã desta quarta-feira (24), 25 foragidos da justiça foram presos pela Polícia Civil na Paraíba durante a operação PC 27.

A ação policial, que ocorre em todo território brasileiro, tem objetivo de cumprir mandados de prisão contra acusados da prática de diversos crimes.

Segundo o delegado geral da Polícia Civil da Paraíba, Isaías Gualberto, a maior parte das prisões foram realizadas no sertão, que até o momento já contabilizou 14 mandados cumpridos. Deste total, houve prisões em Patos (3), Princesa Isabel (2), Catolé do Rocha (3) e Itapiranga (6).

Ainda houve apreensão de drogas e armas de fogo. As demais prisões ocorreram em João Pessoa (4), Alhandra (1) e Monteiro (3).

“As equipes continuam em diligências e outras prisões deverão ocorrer. A  operação seguirá até o final do dia”, afirmou Isaías Gualberto.

A operação PC 27 recebeu esse nome porque vem ocorrendo simultaneamente no país e mobilizou as Polícias Civis das 27 unidades federativas.

O objetivo é prender foragidos da Justiça, que cometeram crimes graves como roubo, homicídio, estupro, participação em crime organizado entre outros. A ação é coordenada pelo Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil.

Os mandados de prisão foram expedidos pela Justiça, após trabalho de investigação de cada uma das Polícias Civis do Estado e do Distrito Federal.

 

Redação

 

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia Militar captura no Sertão da PB foragido da Justiça do Paraná

A Polícia Militar da Paraíba prendeu um foragido da Justiça, que estava sendo procurado no estado do Paraná pelo crime de homicídio. Ele foi preso nessa terça-feira (18), em Belém…

Investigadores e peritos da PC revelam que delegacias funcionam normalmente

Nesta quarta-feira (19) a Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba (Aspol/PB) e pelo Sindicato dos Peritos Oficiais do Estado da Paraíba (Sindiperitos/PB) emitiram uma nota onde esclarecem que…