Por pbagora.com.br
Foto: Reprodução/Secom-PB

Pelo menos oito armas de fogo foram retiradas das ruas da Capital da Paraíba, nesse fim de semana, na Operação Cidade Segura, realizada pela Polícia Militar para combater vários tipos de crime. As apreensões aconteceram nos bairros da Torre, Mandacaru, Bessa e das Indústrias, resultando em cinco prisões em flagrante.

A última apreensão foi no bairro da Torre, onde um acusado de 27 anos foi preso com dois revólveres, durante abordagem na noite desse domingo (24). No bairro de Mandacaru, as armas apreendidas também eram do tipo revólver. Foi uma com um suspeito de 24 anos, que foi flagrado na comunidade Porto de João Tota, e outra perto do estádio Juracizão, abandonado por um homem que fugiu ao perceber a presença das viaturas na região.

O destaque foi a apreensão de duas armas de grosso calibre (um fuzil e um rifle) que estavam escondidas dentro de uma capa de violão, no bairro das Indústrias. Os policiais tinham abordado um suspeito de 23 anos, que foi encontrado com drogas de três tipos diferentes. Em um barraco perto de onde ele estava, a PM encontrou as armas.

O fim de semana teve ainda a apreensão de dois revólveres que estavam sendo usados num assalto a uma farmácia, no bairro do Bessa. As armas estavam com dois acusados, de 20 e 21 anos, que foram cercados pela PM e presos ainda dentro do estabelecimento. Com eles, foram recuperados celulares de funcionários e o dinheiro que eles planejavam levar do roubo.

Novas ações – Para a última semana do mês de maio, novas ações devem ser realizadas, principalmente em locais apontados pelas Coordenadorias de Estatísticas e a de Inteligência, contra vários tipos de crimes.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem morre atropelado enquanto lanchava com o filho em CG

Uma fatalidade em Campina Grande. Um homem que estava lanchando com o filho foi atropelado e morreu na cidade na noite desse domingo (25). O acidente aconteceu no bairro das…

MPF denuncia Gilberto Carneiro e mais nove no caso Jampa Digital

O ex-secretário de Administração de João Pessoa, Gilberto Carneiro, e mais nove investigados no escândalo do “Jampa Digital” se tornaram alvos de denúncia do Ministério Público Federal (MPF), na Paraíba.…