Por pbagora.com.br

Operação prende nove donos de postos de combustíveis por venda ilegal de gás de cozinha

A "Operação Saúde e Segurança II", coordenada pelo Ministério Público, prendeu na manhã desta segunda-feira (4), em João Pessoa, nove proprietários de postos de combustíveis por venda ilegal de botijão de gás. Os acusados foram encaminhados para a Central de Polícia onde estão à disposição da justiça.

Segundo o curador do consumidor, Glauberto Bezerra, os postos de combustíveis tinham várias irregularidades, problemas com o fisco e venda sem autorização. Os presos vão responder por crime penal, administrativo e civil. As multas variam entre R$ 5 mil a R$ 1 milhão, e dependendo da infração o estabelecimento pode ser fechado.

A operação é uma ação conjunta do Ministério Público e Procon Estadual e Municipal, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, Agência Nacional Regulamentadore de Petróleo, Fisco, Polícias Militar e Civil e Inmetro.

Glauberto Bezerra avisou que às 16h, na Secretaria de Segurança Pública, será concedida uma entrevista coletiva com os dados finais da operação. 

Milena Feitosa 

Notícias relacionadas

Homem é assassinado com facada no peito, no Centro de João Pessoa

Um homem foi assassinado na noite de ontem (22), no Centro de João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima sofreu um golpe de faca no peito.…

Suspeitos de tráfico e homicídios são presos no município de Santa Rita

Suspeitos de tráfico de drogas e homicídios foram alvos de uma operação da Polícia Civil, na manhã de hoje (23), no município de Santa Rita, na Grande João Pessoa. De…