Por pbagora.com.br

A Associação de defesa das prerrogativas dos Delegados de polícia da Paraíba – ADEPDEL divulgou nota parabenizando os policiais pelo seu dia, comemorado hoje (21), mas diz que a categoria não tem motivos para comemoração.

A ADEPDEL alega que a categoria recebe o segundo pior salário do país e o pior salário do Nordeste. Além de não possuir condições dignas para trabalhar, com viaturas sucateadas e prédios precários.

Veja a íntegra da nota:

A Associação de defesa das prerrogativas dos Delegados de polícia da Paraíba – ADEPDEL – por intermédio desta, vêm a público informar que, no dia do
policial civil, 21 de abril, os Delegados de polícia civil da Paraíba apesar de não terem o que comemorar no seu dia, em virtude de:
 

1- Os Delegados de polícia civil da Paraíba receberem o *2º(segundo) pior salário do país, o pior salário do nordeste*, trabalharem em condições
subumanas com viaturas sucateadas (quando tem, pois há cidades que sequer há viatura), prédios precários (delegacias sem estrutura, sem poltronas, sem
computadores, sem salas de reconhecimento, sem material de expediente, etc.), sem um contingente razoável de agentes e escrivães (há delegacias que
não há um agente sequer), os delegados serem freqüentemente transferidos das delegacias, alguns respondem por mais de 05(cinco) delegacias, são
responsáveis por presos, onde não há cadeia pública, não receberem: auxílio alimentação, auxílio moradia, auxílio transporte/combustível, etc;

 

2- Dos 420(quatrocentos e vinte) Delegados nomeados no último concurso, restam apenas 125(cento e vinte cinco), com previsão de saída de mais
10(dez) até o final do ano, perdendo o Estado da Paraíba e a População brilhantes profissionais para outros Estados;

 

Esperamos que em um breve espaço de tempo, todos as deficiências retro mencionadas sejam pelo menos amenizadas, aguardando com ansiedade que o
Governo Estadual, que tem como prioridade a Segurança Pública, cumpra com a sua promessa de apresentar à categoria uma contra-proposta, no dia 20/05/09,
coerente com os anseios da categoria e de toda a sociedade paraibana, que embora prejudicada com a greve dos Delegados e conseqüente solução de
continuidade dos serviços prestados, *na gestão passada*, apoiou sobremaneira o movimento paredista por entender que o pleito é justo e
coerente, uma vez que a nossa categoria foi posta à margem dos interesses do estado.

 

*Confiantes no apoio e na transparência do Secretário de Estado da Segurança e Defesa Social, Dr. Gustavo Gominho, bem como do Delegado Geral, Dr.
Canrobert Rodrigues,* a ADEPDEL representando mais de 200(duzentos) Delegados, que buscam a isonomia salarial com os Procuradores do Estado, em
03(três) anos, ou seja, até 2011, espera que a administração estadual apresente uma proposta sensata para que se resolva de uma vez por todas o *impasse gerado na gestão passada* e seja realmente valorizada a segurança pública em nosso estado.

 

Iremos trabalhar, na certeza de que no próximo dia 21 de abril seja uma data na qual tenhamos razões para comemoração e que toda a sociedade paraibana
possa compartilhar de nossa satisfação em ser Delegado de Polícia Civil *DA PARAÍBA*.

 

Parabéns a todos os Delegados e Policiais Civis da Paraíba pelo seu dia.

 

João Pessoa, 21 de abril de 2009

ADEPDEL

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Polícia localiza casa usada pelo tráfico para esconder arma e drogas na Capital

A Polícia Militar desativou uma base do tráfico de drogas que ficava instalada em uma casa, nessa sexta-feira (22), no Distrito Mecânico de João Pessoa. Na residência, os policiais da…

Dupla é presa suspeita de roubar celulares de mulheres em João Pessoa

A Polícia Militar prendeu em flagrante, na noite dessa sexta-feira (22), dois homens que estariam praticando assaltos à mão armada contra mulheres, tendo como alvo os celulares das vítimas. A…