A Paraíba o tempo todo  |

Mulher tem maxilar quebrado durante agressão na capital; suspeito é detido

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Dois homens foram presos em flagrante após denúncias de violência contra mulher, em João Pessoa, ontem (15).

O primeiro caso ocorreu durante a manhã, no bairro do Róger. A mulher de 41 anos e o filho dela, que é pessoa com deficiência, foram espancados. De acordo com a Polícia Civil, o maxilar da vítima foi quebrado durante as agressões supostamente cometidas pelo marido.

Outro caso foi registrado no bairro do Bessa. Um vigilante foi detido após ser acusado de agredir a esposa com um golpe de jiu-jitsu. Na delegacia, a vítima relatou que dependia financeiramente do agresor, era mantida em cárcere privado e já havia sido estuprada por ele.

Os homens estão na carceragem da Central de Polícia, onde aguardam audiência de custódia.

Casos em alta

A Lei Maria da Penha, que pune agressores e auxilia vítimas, completou 15 anos neste mês. Dados divulgados em reportagem pelo Portal T5 revelaram que, em média, a cada duas horas, uma mulher sofre violência doméstica na Paraíba.

Para denunciar casos de violência é possível acionar o Ligue 180. Serviço é disponibilizado pelo governo federal e funciona 24 horas, durante todos os dias da semana.

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe