A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba prendeu na manhã desta quinta-feira (18), uma mulher transportando 6 kg de cocaína. A prisão ocorreu durante abordagem realizada na BR 230, no município de Ingá, localizado a 107 km da capital.

Os policias abordaram o veículo Ford Ka no km 117 da BR 230. A condutora do automóvel, uma mulher de 25 anos, estava sozinha no veículo. Perguntada de onde estaria vindo, ela informou que saiu de Parnamirim mas entrou em contradição ao informar o destino final da viagem e o motivo. Foi realizada uma busca ao interior do carro e ao revistar uma bolsa que estava nas proximidades do banco do passageiro foram localizados 6 pacotes de cocaína, totalizando 6 kg do entorpecente, e R$ 5 mil em espécie.

Após a localização da droga, a mulher informou aos policiais que havia sido contratada para pegar a droga em Parnamirim, município da região metropolitana de Natal/RN, e que deixaria o entorpecente em Campina Grande. A mulher, que não possuía passagens na polícia, foi detida, encaminhada à Polícia Civil e deverá responder pelo crime de tráfico de drogas.

Apreensões de cocaína nas últimas 24 horas – A PRF na Paraíba apreendeu em menos de 24 horas 11,1 kg de cocaína durante fiscalizações nas rodovias federais do Estado. Foram três ocorrências distintas e em todas elas a droga tinha como origem o município de Parnamirim, localizado no Estado do Rio Grande do Norte. Do total de cocaína apreendida, 10 kg tinham como destino Campina Grande e 1,1 kg para a capital pernambucana, Recife.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Durante soltura de Jacaré em Santa Rita, polícia prende homem com arma de fogo

A captura e soltura de um jacaré, realizada pelos policiais militares do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb), levou a apreensão de uma arma de fogo na região metropolitana de João…

Motociclista morre ao colidir com traseira de carro no viaduto do Cristo, em JP

Um motociclista morreu, na noite de ontem, sábado (04), após colidir na traseira de um veículo no viaduto do Cristo Redentor, em João Pessoa, que havia engavetado em outros dois…