Uma mulher que roubou, na companhia de outros dois parceiros, bens de uma vítima durante o Folia de Rua de 2017, na Capital, teve pena mantida de cinco anos e quatro meses de reclusão, no regime inicial semiaberto, e 20 dias-multa, pelos membros da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba. Com a decisão, por unanimidade e em harmonia com o parecer ministerial, o colegiado negou provimento ao recurso da acusada. A Apelação Criminal oriunda da 1ª Vara Criminal da Comarca de João Pessoa, teve a relatoria do desembargador Arnóbio Alves Teodósio.

Conforme os autos, a ré Débora Darly Salviano Vitorino foi condenada no 1º Grau pela prática do crime definido no artigo 157, § 2º, inciso II, do Código Penal (roubo qualificado). No recurso, a defesa alegou insuficiência de provas a ensejar a condenação.

Para o desembargador Arnóbio Teodósio não há como absolver a apelante do crime, já que, ao contrário do que foi alegado, há provas mais do que suficientes a ensejar a sua condenação pela prática do delito. “A materialidade resta evidenciada pelo auto de apresentação e apreensão e auto de entrega, assim como, a autoria do roubo está comprovada pelas declarações da vítima, tanto na fase policial, quanto em juízo, e pelos depoimentos testemunhais”, disse.

O relator enfatizou, ainda, que tanto a vítima como os policiais que participaram das diligências, em todas as oportunidades em que foram ouvidos, foram firmes e coerentes em dizer que tinham reconhecido, sem sombra de dúvidas, a apelante como sendo um dos meliantes que tinha assaltado o folião.

Caso – Segundo se apurou, no dia 17 de fevereiro de 2017, por volta das 23h45, na ladeira das proximidades da praça Pedro Américo, no centro desta capital, a acusada e os dois parceiros subtraíram, mediante violência, um cordão de prata e uma pulseira da vítima.

Da decisão, publicada nesta quinta-feira (20) no Diário da Justiça eletrônico, cabe recurso.

PB Agora com informações de TJPB

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PRF na Paraíba prende homem foragido da justiça pelo crime de estupro

A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba prendeu em João Pessoa, nessa terça-feira (07),um homem que estava com mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro de vulnerável. A abordagem…

Vídeo: motociclista é vítima de assalto no bairro do Jardim Tavares, em Campina

Nem em época de pandemia do coronavírus os criminosos andam dando folga a população. Ontem (07), por meio das redes sociais, um vídeo de um motociclista alvo de assalto no…