Por pbagora.com.br

A Polícia Civil da Paraíba prendeu, na tarde de ontem, segunda-feira (17), uma mulher acusada de ter assassinado a vizinha no Estado do Maranhão, Nordeste brasileiro, em abril desse ano.

A suspeita estava escondida no município de Araçagi/PB, na casa de uma irmã. Como ela tinha um mandado de prisão em aberto, os policiais da guarnição de Araçagi, sob o comando do sargento Martins, do Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Civil) e do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil) deram voz de prisão.

Os policiais mantiveram contato com o delegado de Timon, mas como não havia mandado de prisão, ele os orientou para que ouvissem a suspeita e encaminhassem o depoimento dela, para que ele possa tomar as providências legais.

O crime teria sido praticado porque a vítima, que era vizinha da suspeita, reclamou de um barulho que estava sendo feito pela filha dela, uma adolescente, na frente da casa onde ela dormia com um dos filhos menores. Durante o  desentendimento, a mulher teria disparado quatro vezes contra a vítima, que foi atingida com um tiro e acabou morrendo antes de ser socorrida. Elas eram vizinhas em um condomínio na cidade de Timon e a vítima, de 31 anos, deixou quatro filhos menores.

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Passageiros rendem e espancam suspeito de assalto em ônibus, em JP

Na manhã desta sexta-feira (18), um homem suspeito de assaltar um ônibus foi rendido e espancado pelos passageiros no Centro de João Pessoa. De acordo com as informações o homem…

Mulher reage a assalto e entra em luta corporal contra assaltante na PB

Uma mulher reagiu a uma tentativa de assalto e entrou em luta corporal contra um assaltante, nesta quinta-feira (17), no bairro de Intermares, em Cabedelo, na Grande João Pessoa. durante…